FANDOM


DocumentáriosEditar

https://www.youtube.com/watch?v=ZVLooZncaMM


Mídia impressaEditar

Nos anos 80, é desvendada uma das maiores quadrilhas de tráfico internacional de crianças, que atuava principalmente nos estados do Sul do Brasil e vendiam suas vítimas num esquema ilegal de adoção para casais da Europa, América e principalmente Israel, a preços milionários.

Em 1986 Arlete Hilu é denunciada por tráfico internacional de crianças e acusada de vender bebes para casais estrangeiros a preços que variavam de 5 mil a 50 mil dólares por criança. É presa em 1988 e concedida a liberdade condicional em 1990 quando criou outra operação de tráfico de bebes nos [...] estados do Sul, sendo presa novamente em janeiro de 1992 quando então cumpriu nova pena e foi posta em liberdade. Geovani Barros de Azevedo, porta-voz da polícia federal no Rio de Janeiro (86) em entrevista disse que as adoções ilegais por estrangeiros tornaram-se um grande negócio onde Israel, Inglaterra e Canadá eram os países que mais buscavam por adoções, principalmente crianças do sul devido sua descendência européia.

[...] Só em Itajaí a quadrilha vendeu cerca de 500 crianças, a maioria para Israel.

[...] Roseli deu a luz uma menina de olhos azuis e a chamou de Daniela. Quando ela ia levar sua filhinha para a mãe, a assistente social pegou o bebe dizendo que o que ela havia assinado era um papel de adoção.

[...] Em junho daquele ano, a Polícia Federal invadiu a casa do advogado Carlos Cesário Pereira também envolvido no tráfico, uma maternidade e vários pontos secretos em Itajaí, no Sul de Santa Catarina, onde foram recuperadas 20 crianças. Carlos Pereira tinha um verdadeiro exército de enfermeiros, médicos, parteiras, funcionários do judiciário e da imigração, motoristas e compradores de bebes em sua folha de pagamento, que atuavam nos três estados do Sul.

[...] Os traficantes mentiam para os pais adotivos dizendo que a regulamentação custava em torno de $ 5.000 a $ 10.000 dólares por criança. Na realidade a documentação toda não passava de 500 dólares. [...]

http://rosaouespinho.blogspot.com.br/p/trafico-internacional-de-criancas.html


O escândalo do tráfico de bebês dominou páginas e páginas dos principais jornais e revistas do Brasil e também da imprensa estrangeira. [...] O caso também retumbou no Congresso Nacional, onde deputados e senadores exigiam punição exemplar para os quadrilheiros. Surpreendido com o comércio de nenês, o respeitado Financial Times, um dos principais jornais do mundo empresarial, exibiu um bebê com uma etiqueta amarrada ao pequeno braço direito, que informa o valor em libras. Abaixo, a frase "Não é apenas café que o Brasil está exportando nestes dias".

http://diariocatarinense.clicrbs.com.br/sc/noticia/2012/08/trafico-internacional-de-bebes-foi-um-escandalo-que-abalou-o-pais-3843346.html


Em Camboriú, um dos principais focos de atuação das quadrilhas no país, as gangues chegaram a usar uma chácara para montar o que a Polícia Federal classificou como "chocadeira", uma improvisada maternidade e berçário, local onde ficavam os nenês retirados das mães. Em apenas uma operação, a PF resgatou 20 bebês, devolvidos aos pais. No Exterior, principalmente em Israel, os bebês valiam de US$ 10 mil a até US$ 40 mil. O comércio clandestino enriqueceu os "capos" do tráfico, que, beneficiados pela legislação da época, cumpriram penas irrisórias na cadeia e conseguiram manter parte dos bens adquiridos com a venda de crianças.

http://diariocatarinense.clicrbs.com.br/sc/noticia/2012/08/trafico-de-bebes-25-anos-depois-as-feridas-de-quem-foi-vendido-na-infancia-3843398.html


Tráfico Internacional de Crianças - mercado Bilionário

Que bebê lindo...! Como alguém pode imaginar, que por detrás de uma frase tão inocente se esconde o mais sórdido e vil comércio que movimenta milhares de dólares? [...] A falta de uma legislação mais rigorosa transforma o Brasil num dos países com a maior incidência em tráfico internacional de crianças da América Latina, onde o destino desses pequenos, na maioria das vezes, é a Europa Ocidental, os Estados Unidos, Israel e Japão. Tratadas como mercadorias, as crianças são vendidas por somas vultosas onde, o tom da pele, cor dos cabelos e dos olhos, são fatores que determinam seu valor de mercado [...].

[...] no Sul os indicadores são a prostituição e a adoção ilegal.

[...] No que se refere à adoção internacional de criança, nos anos de 1980 a 1990, 19.071 crianças brasileiras já eram adotadas por famílias no EUA e na Europa, e sua situação após a adoção era uma incógnita. Em Goiás e no Ceará também houve denúncias de esquema de adoção internacional irregular, após cinco anos de investigação, a Polícia Federal prendeu 16 pessoas. No Ceará a CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) do tráfico de bebês constatou que num total dois mil processos de adoção internacional, 1.900 são processos fraudulentos. No Rio de Janeiro também foram identificadas redes de tráficos de crianças, essas redes usavam creches e até missões religiosas.

[...] Segundo a autora, “o lucro anual produzido com o tráfico chega a 31,6 bilhões de dólares, sendo que desse total, América Latina responde por 1,3 bilhões de dólares” (p.44).

http://www.desaparecidosdobrasil.org/procuro-minha-mae/trfico-internacional-de-crianas---mercado-bilionrio


Presa suspeita de liderar suposto esquema de adoção ilegal em Santiago

22/09/2014

Uma mulher está presa preventivamente em Santiago por suspeita de tentativa de adoção ilegal e formação de quadrilha. [...] De acordo com o delegado João Carlos Brum, da Polícia Civil de Santiago, que abriu inquérito sobre o caso, Claudete é suspeita de fazer parte de um grupo que atuava na região em suposto esquema de compra de crianças recém-nascidas.

O caso veio a público em abril deste ano, quando Claudete teria procurado uma gestante de Santa Maria e se oferecido para adotar o bebê. [..] A mesma situação ocorreu em São Francisco de Assis. Na ocasião, o Conselho Tutelar foi acionado, e outra ocorrência contra a tentativa de adoção foi registrada na polícia.

Conforme Brum, ao voltar para Santiago, Claudete se juntou a outras duas pessoas. Luciane dos Santos Marchi era uma delas e, de acordo com o delegado, atuava como intermediária na abordagem de gestantes e mulheres com filhos recém-nascidos [...]. Em depoimento à polícia, uma das supostas vítimas relatou o interesse de Claudete em levar as crianças para São Paulo, onde seriam adotadas de forma ilegal. [...]

http://diariodesantamaria.clicrbs.com.br/rs/policia/noticia/2014/09/presa-suspeita-de-liderar-susposto-esquema-de-adocao-ilegal-em-santiago-4604510.html


Casal pagou R$ 3,6 mil por bebê para adoção ilegal em MT

28 JUL 2014

A Polícia Civil de Mato Grosso resgatou um menino recém-nascido que foi negociado, para adoção ilegal, entre a mãe biológica e um casal de paranaenses, por meio de uma intermediária, que cobrou R$ 3,6 mil. [...]

[...] informou o delegado municipal de Rosário Oeste, que apura o caso, Eder Clay Santana Leal. "A mulher também contou que não pode ter filhos."

[...] "Eles foram ouvidos hoje de manhã e indiciados. Mas vamos aprofundar as investigações porque há informações de outras vendas feitas por essa mulher", completou o delegado. [...]

http://noticias.terra.com.br/brasil/policia/casal-pagou-r-36-mil-por-bebe-para-adocao-ilegal-em-mt,138744de07e77410VgnVCM4000009bcceb0aRCRD.html


06/08/2014

Sem conseguir adotar um bebê, um casal de São Paulo recorreu a um fórum de adoção na internet. Encontrou uma mãe, no Rio de Janeiro, desesperada para entregar o filho. Só que ela se arrependeu, a justiça buscou o bebê e, como a adoção foi ilegal, o menino, de apenas 20 dias, agora está num abrigo.

http://noticias.band.uol.com.br/jornaldaband/videos/2014/08/06/15151193-casal-adota-bebe-ilegalmente-em-sao-paulo.html


Burocracia e corrupção favorecem aumento do tráfico de bebês na Grécia

Um bebê custa 15 mil euros na Grécia: na fronteira greco-búlgara floresce o tráfico de bebês e óvulos humanos. Segundo especialistas, criminosos possivelmente têm cúmplices dentro do aparato estatal.

[...] Segundo a imprensa grega, os preços para um bebê da Bulgária ou da Romênia vão de 15 mil a 25 mil euros. A mãe fica com no máximo 3 mil euros. Caso ela venha a ter remorso ou se opor à proposta, é ameaçada de violência.

http://www.dw.de/burocracia-e-corrup%C3%A7%C3%A3o-favorecem-aumento-do-tr%C3%A1fico-de-beb%C3%AAs-na-gr%C3%A9cia/a-14856558


Tráfico humano aumenta em todo o mundo

O tráfico de seres humanos prospera e alcança dimensões semelhantes ao comércio ilegal de drogas e armas. Ele está presente em todo o mundo e, na maioria dos casos, as vítimas recebem pouca ajuda.

[...] Segundo Ezeilo, o tráfico de pessoas é um dos crimes de maior crescimento em todo o mundo. Após o comércio ilegal de armas e o contrabando de drogas, ele aparece em terceiro lugar. Trata-se de um negócio bilionário.

http://www.dw.de/tr%C3%A1fico-humano-aumenta-em-todo-o-mundo/a-5654409


O tráfico de bebês é um esquema criminoso que consiste em vender um recém-nascido para fins lucrativos próprios. Muitos traficantes de bebês possuem vínculos com enfermeiros e médicos nos hospitais, que retiram os recém-nascidos para serem vendidos no mercado negro.

Um caso muito conhecido no Brasil foi o da menina Bruna Vasconcelos, que aos 4 meses foi roubada da casa de seus pais e traficada para Israel, aonde foi adotada ilegalmente por um casal do país asiático.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Tr%C3%A1fico


O tráfico de crianças é uma das formas de tráfico humano, constitui uma prática de sequestro, desaparecimento e ocultação da identidade das crianças, muitas vezes através de partos clandestinos e adoções ilegais. É uma prática usada por quadrilhas para seu financiamento. [...]

Diariamente, em várias partes do mundo, existem crianças que são compradas, vendidas e transportadas para longe de suas casas. O tráfico de seres humanos é um negócio multimilionário que continua a crescer em todo o mundo, apesar das tentativas de detê-lo.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Tr%C3%A1fico_de_crian%C3%A7as


O tráfico humano representou uma estimativa de 31,6 bilhões dólares do comércio internacional por ano em 2010 e é pensado para ser uma das atividades de maior crescimento das organizações criminosas transnacionais.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Tr%C3%A1fico_de_pessoas


Do site da Unicef:

Diariamente, en diversos puntos del mundo, hay niños y niñas que son comprados, vendidos y transportados lejos de sus hogares. La trata de seres humanos es un negocio multimillonario que aparentemente continúa creciendo. Este manual se refiere a algunas de las medidas fundamentales que los legisladores pueden tomar para poner fin a la trata de niños. En él se esbozan medidas específicas -- como leyes, políticas y actividades de promoción -- que los parlamentarios del mundo pueden tomar para proteger a los niños de ese flagelo.

http://www.unicef.org/spanish/publications/index_33882.html


[...] Muitas vezes é a própria mãe que dá seu filho à adoção ilegal em troca de dinheiro. As crianças e ou adolescentes são levadas para viver com outras famílias e em outro país. Esse processo de adoção ilegal ocorre sem o devido procedimento legal de adoção mediante o juiz e todo o processo devido.

O Protocolo Opcional à convenção sobre Venda de Crianças, Prostituição e Pornografia Infantis, em 1999 , oferece definições claras para o tráfico de crianças: “O tráfico é um ato de violência, mas a violência propriamente dita nem sempre é empregada. Por exemplo, há casos em que a situação de vulnerabilidade da vítima do tráfico, não permite que ela faça escolhas, como a situação do imigrante ilegal e ainda casos de abuso do poder. [...] O tráfico de crianças e de adolescentes pode ocorrer para fins de adoção ilegal, pornografia, comércio de órgãos, casamento precoce ou trabalho forçado. (http://www.desaparecidosdobrasil.org/procuro-minha-mae/trfico-internacional-de-crianas—mercado-bilionrio).

[...] Para famílias que adotam crianças ilegalmente se descoberto pela autoridade podem perder o “direito” da criança e ou adolescente. Se eventualmente a família ao qual adotou ilegalmente a criança o registar como sua será responsabilizada penalmente. A punição mesmo é para quem oferece acrianças e ou adolescente para a adoção ilegal, quem faz o tráfico e quem compra a criança e ou adolescente.

https://adoteumacrianca.wordpress.com/2013/04/26/adocao-ilegal/


Número de casais que querem adotar supera o de crianças

Um levantamento junto às Varas de Infância e Juventude do País apontou que o número de pessoas na fila de espera para a adoção de crianças é maior do que o número de crianças aguardando uma família. De acordo com o Fantástico, só na cidade de São Paulo, há 888 crianças para adoção e 7.480 famílias interessadas. [...] caso da menina recém-nascida encontrada na lagoa da Pampulha, em Belo Horizonte, dentro de um saco plástico. Até famílias do exterior chegaram a entrar em contato para adotar o bebê, que foi registrado como Letícia. [...]

[...] Segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), o motivo de tantas crianças ainda estarem sem uma família são as exigências feitas por quem quer adotar. Muitas famílias procuram apenas meninas brancas e de até dois anos de idade. De acordo com o Ipea, o perfil das crianças que esperam pela adoção no Brasil é de mais de 60% com origem afro-brasileira, entre 7 e 15 anos e a maior parte são meninos.

http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI865489-EI306,00-Numero+de+casais+que+querem+adotar+supera+o+de+criancas.html


Preconceito emperra a adoção de crianças em SC

Casais buscam filho ideal e deixam de lado os que não são recém-nascidos ou com saúde perfeita

Criança recém-nascida, branca, sem problemas de saúde e do sexo feminino. Essa é a preferência da maioria dos 1.700 casais cadastrados na Comissão Estadual Judiciária de Adoção (Ceja) para adotar uma criança catarinense. Dos 1.046 abrigados em 66 instituições cadastradas, 60% dos casos tem idade acima de 10 anos, são do sexo masculino, pertencem a grupo de irmãos e tem problemas de saúde.

http://www1.an.com.br/2002/mar/31/0ger.htm


[...] independentemente das vantagens que a adopção internacional possa apresentar (a grande vantagem é a rapidez), parece-me que os riscos associados possuem contornos demasiado obscuros e que merecem, portanto, uma análise profunda e cuidada. [...]

O meu maior receio nestes processos de adopção internacional é o de se estar a contribuir (mesmo sendo a última das intenções) para um mercado negro de adopção. Por muito que as pessoas envolvidas neguem e afirmem que os processos são legais e transparentes e acreditem realmente nisso com todas as suas forças, para mim, a partir do momento em que se entrega directamente dinheiro a uma pessoa ou instituição e se recebe em troca uma criança, transforma-se o processo num negócio.

http://maracujah.net/artigos/133


CNJ deve autorizar estrangeiros para facilitar adoção de mais velhos

Uma resolução que deve ser aprovada nesta segunda-feira (24) pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) vai permitir que casais estrangeiros ou brasileiros residentes no exterior sejam incluídos no Cadastro Nacional de Adoção (CNA). [...] Cerca de 98% dos pretendentes à adoção no país querem crianças com menos de 7 anos de idade. Só que as crianças nessa faixa etária são menos de 10% das disponíveis para a adoção. A grande maioria dos que procuram um lar são crianças e adolescentes entre 9 e 16 anos. [...]

O CADASTRO NACIONAL DE ADOÇÃO

Crianças disponíveis para adoção: 5.440

Por raça

Brancas - 1.763
Negras - 1.033
Pardas - 2.594
Amarelas - 25
Indígenas – 31

Por idade

Menos de 1 ano - 8
1 ano - 40
2 anos - 59
3 anos - 91
4 anos - 99
5 anos - 89
6 anos - 148
7 anos - 146
8 anos - 197
9 anos - 288
10 anos - 320
11 anos - 405
12 anos - 458
13 anos - 555
14 anos - 569
15 anos - 593
16 anos - 628
17 anos – 567

http://g1.globo.com/brasil/noticia/2014/03/cnj-deve-autorizar-estrangeiros-para-facilitar-adocao-de-mais-velhos.html


Assuntos relacionadosEditar

Adoção

Como adotar um filho

Notícias sobre adoção

Entidades beneficentes

Entidades beneficentes em Tubarão/SC

VoltarEditar

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.